A boa experiência do colaborador – ou Employee Experience – afeta a produtividade e a lucratividade da sua empresa. Na verdade, além da lucratividade é possível enxergar diversos benefícios, como a retenção de talentos, engajamento, cooperação, cultura de trabalho, dentre diversos outros aspectos que são potencializados.

Você já parou para refletir sobre a lista de melhores empresas para se trabalhar? O que fazem delas serem as melhores empresas? Um dos pontos decisivos é o Employee Experience. Muitos estudos mostram que as empresas que investem na experiência de seus funcionários são melhores lugares para trabalhar e que ter uma boa experiência de funcionários leva a níveis mais altos de entusiasmo e engajamento, superando as que não focam nesse tipo de investimento.

O termo experiência do colaborador recebe algumas ramificações, por se tratar de um conceito amplo e tem sido bastante discutido nos últimos anos. Contudo, muitas empresas ainda priorizam a experiência do candidato e do cliente, se esquecendo dos seus colaboradores.

O que é experiência do colaborador?

O Employee Experience é constituído pelo conjunto de momentos que o colaborador tem durante a sua vida naquela organização, englobando as ações coletivas e individuais. Essas ações perpassam pela interação dos colaboradores com a equipe, gestores, ferramentas internas e até mesmo a infraestrutura do ambiente que configura seu posto de trabalho.

Uma dica é pensar nos esforços destinados a tornar a experiência do cliente melhor. Da mesma forma em que as organizações buscam desenvolver produtos e serviços para atender as demandas dos clientes, o olhar deve ser dividido para que as demandas dos funcionários sejam igualmente importantes.

Um estudo promovido pela Deloitte University Press, constatou que quase 80% dos executivos classificaram a experiência dos funcionários como muito importante (42%) ou importante (38%), mas apenas 22% relataram que suas empresas investiam em promover a construção de uma experiência enriquecedora para seus colaboradores.

Razões para investir na experiência do colaborador

  1. Recrutamento: a experiência do colaborador começa enquanto ele ainda é um potencial candidato. Se você promove uma atenção especial para os candidatos de processos seletivos, eles compartilham isso com amigos e conhecidos, que criarão uma rede de referência positiva. Além disso, grande parte dos candidatos busca entender sobre a cultura da empresa e, consequentemente, como ela lida com os seus colaboradores para realmente decidir se participa ou não do processo.

 

  1. Engajamento: a melhor experiência dos funcionários resulta em um melhor envolvimento dos funcionários. Quando você tiver funcionários mais engajados, a cultura e a produtividade do trabalho também serão melhores.

 

  1. Retenção: ninguém irá querer sair de uma empresa que valoriza, motiva e incentiva o Employee Experience.

 

  1. Lucros: um estudo do Smarter Workforce Institute propõe uma relação entre a experiência do funcionário a um maior retorno sobre ativos e retorno sobre vendas. Além disso, pesquisas comprovam que as empresas que projetaram e implementaram uma forte experiência do colaborador estão lucrando cada vez mais.

 

Como melhorar o Employee Experience da sua empresa

  • Defina suas principais prioridades
    Faça as perguntas que deseja responder. Definir as prioridades ajudará você a preparar um plano para corrigir o problema que está enfrentando.

 

  • Capacite seus gestores
    Os gestores são fundamentais para consolidação de uma boa experiência para o colaborador. Dessa forma, invista na capacitação deles para que sejam capazes de fazer uma gestão humanizada e assertiva. A gestão é a um dos principais motivos de pedidos de demissão, mas também o motivo pelo qual permanecem.

 

  • Instigue comentários dos colaboradores
    O feedback regular é extremamente importante para entender em que pontos estão sendo feitas ações eficazes e quais são os gaps. Busque diferentes alternativas de buscar esse feedback para atingir a maior diversidade de público.

 

  • Seja genuíno ao proporcionar uma experiência positiva
    Não faça apenas algumas ações padronizadas por obrigação de atingir uma meta de implantar o Employee Experience. Pense realmente nos seus colaboradores e seja genuíno nas suas ações. Tenha em mente que se trata de um processo contínuo, que precisa de interações empáticas.

 

  • Incentivar um feedback honesto
    Esteja aberto ao feedback honesto dos colaboradores existentes sobre a experiência deles em sua empresa. Quanto mais honesto o feedback que você recebe, mais fácil será para você melhorar a experiência do funcionário.

Não adianta fugir, pois tudo o que você faz dentro de uma organização tem relação direta com seus colaboradores. O modo como você os trata criará um efeito cascata por toda a empresa e, se você não os estiver tratando como seu bem mais valioso, deve começar a fazê-lo. Algumas pessoas descreveram a experiência dos colaboradores como um futuro do RH, pois percebe-se que ela é capaz de resultar no máximo aproveitamento de equipes motivadas e satisfeitas.