Muitos perguntam quem é a geração Z? A geração Z é composta por jovens que nasceram no final dos anos 90. Essa geração é caracterizada pelo impacto tecnológico que trouxe a rapidez, novidade e modernidade aos processos, principalmente no ambiente de trabalho.

Desta forma, essa nova geração gera mudanças consideráveis às empresas, já que tendem a agir e pensar de outra forma, além disso buscam outros interesses e em sua maioria são flexíveis, interativos e dinâmicos.

 

Características e potenciais da geração Z

Os jovens da geração Z buscam estabilidade, propostas duradouras e que tragam retornos imediatos. Eles gostam daquilo que é disponibilizado numa imagem contínua de situações. Em certos casos, a geração, em questão, quer somente a remuneração, buscar um seguinte desafio, socialização ou ainda fazer com que a ideia de pertencer a alguma coisa tenha sentido.

Um dos potenciais dessa geração é que eles veem na área profissional uma maneira de construir algo impactante e ainda receber por isso. São o público mais difícil de se comandar, mas se destacam também pela alta performance em relação ao trabalho. Algumas de suas características são:

  • Aprendizado, comunicação e conhecimento dominante das tecnologias atuais;
  • Integração da tecnologia em atacado;
  • Conteúdo infinito;
  • Imediatismo;
  • Evoluídos (incentivados desde criança); e,
  • Precoces.

 

Falhas da geração Z

Em virtude da grande expectativa em relação ao emprego, buscando sempre as melhores funções, a geração Z não aceita bem as críticas e costumam não respeitar a imagem de autoridade, justamente por serem criados e tratados de modo igual por seus familiares. Infelizmente, essa é uma postura da geração que continua aumentando no mercado de trabalho:

  • Ausência de autoconsciência;
  • Ausência de habilidades de comunicação e solução de conflitos;
  • Ausência de profissionalismo, criticidade e obediência; e,
  • Imaturidade.

A geração desses jovens não se importa com a autoridade, ao passo que necessitam muito dela frente as suas atitudes. Os gestores, por outro lado, costumam lidar com os resultados e não a causa dos conflitos, como, por exemplo, um atraso, um erro, uma discussão.

 

Soluções para falhas da geração Z

Os gestores necessitam do reconhecimento do potencial das capacidades em relação ao comportamento desses profissionais, em outros funcionários, em grupos, e ainda as competências que o jovem traz para a empresa. É importante lembrar que essa geração é desconfiada, não criam expectativas em relação ao cuidado da empresa com o seu funcionalismo, e por isso, tendem a não realizar nenhum sacrifício quando em frente a recompensas que são apenas prometidas, em prazo prolongado.

Algumas maneiras de promover um gerenciamento melhor da geração Z requer algumas estratégias que versam em:

  • Falar a verdade – os jovens gostam de pessoas verdadeiras, que dizem realmente o que é e como as coisas funcionam, sem promessas.
  • Acelere o trabalho – geralmente, eles conseguem atender grandes demandas de serviço e isso motiva o jovem que gosta de se destacar, mas ilustre também o fator de recompensa. Não adianta o trabalho extenso, sabendo que não haverá retorno ou que este será desvalorizado.
  • Seja firme – cobre, com cautela, destacando o fator da disciplina para as situações e atividades em que o jovem está submetido.
  • Contextualize – faça com eles compreendam o papel de cada um na empresa e de que maneira eles se encaixam no cargo.
  • Faça o jovem compreender que deve se preocupar com o cliente – do mesmo modo que ele está contextualizado na empresa, é importante que ele entenda como os clientes são importantes em relação a ele mesmo.
  • Conduza o ensinamento sobre autogerenciamento – é importante que o jovem entenda e aprenda como se auto gerenciar frente às suas atividades.
  • Mostre de que forma você os gerenciará – mostre quais serão suas cobranças e faça com que ele entenda o que ele precisa realizar na empresa.
  • Destaque o melhor do jovem todos os dias – não deixe de notar as boas atitudes do seu funcionário, principalmente, os da geração Z, que cresceram sendo aplaudidos pelas boas ações realizadas. Nesse quesito, também entra o estímulo: incentive o jovem e você atingirá o melhor deste jovem, com certeza.
  • Construa uma nova geração de liderança – mostre que todos podem se tornar líderes e seja um exemplo a ser seguido.
  • Seja um apoio – eles precisam respeitar suas atitudes, assim como necessitam de um guia e um apoio para a continuidade das suas escolhas ao longo da caminhada.