O recrutamento e seleção de talentos é uma das atividades de mais importância do RH, pois a contratação de profissionais competentes e aptos para integrar a equipe é fundamental para o desenvolvimento da empresa.

No entanto, para realizar a triagem dos candidatos é preciso fazer uma seleção eficaz que colabore para que os candidatos tenham uma boa experiência durante o processo seletivo.

Alguns processos podem ser cansativos e longos, o que faz com que alguns candidatos desistam e procurem novas oportunidades. Porém, para a imagem da empresa essa ação não é boa, pois podem perder grandes talentos para seus concorrentes.

Desse modo, planejar um processo agradável que faça com que os profissionais em busca da vaga se sintam bem é essencial para que os candidatos vejam a empresa como um bom local para se trabalhar, pois mostram respeito e cuidado na seleção de talentos. Por isso, o RH deve dar atenção a satisfação do candidato no processo seletivo.

 

O candidato colabora para criar uma boa imagem da empresa

Os candidatos são atraídos para a sua organização por causa do que a sua empresa faz e como realiza essas atividades. As expectativas que esses profissionais têm da empresa refletem diretamente a sua marca.

Sendo assim, é importante que ao buscarem uma oportunidade de emprego na sua organização ela seja experimentada de maneira positiva. Enquanto recruta é preciso considerar seus candidatos como clientes ou possíveis clientes, portanto a experiência no processo deve ser excelente, pois para atrair os melhores talentos, você deve comercializar sua cultura de emprego corporativo.

Ao fazer isso, o RH torna a sua empresa conhecida como o melhor lugar para se trabalhar, fazendo com que os candidatos desejem fazer parte dessa equipe.

 

Por que criar uma experiência positiva do candidato

É muito importante sempre criar uma experiência positiva para o candidato, independentemente de você contratar o candidato ou não. Cada candidato tem uma opinião e uma voz que poderiam ser ouvidas em todo o mundo, graças à Internet.

Uma experiência negativa do candidato pode afetar o desejo de um candidato trabalhar para você e é praticamente garantido que outras pessoas fora de sua organização ouvirão a história (não tão positiva). Com a força das mídias sociais o público está mais inclinado a confiar nas opiniões sobre uma experiência negativa do que positiva e isso pode prejudicar a empresa.

Criando uma experiência positiva, sua empresa estará se diferenciando de outros empregadores e fará contratações de alta qualidade. Veja como conseguir isto com algumas dicas simples.

 

  1. Simplifique a oferta de emprego

A primeira etapa do recrutamento é realizar a oferta da vaga aos candidatos. A divulgação do cargo disponível não deve ser muito longa, pois os candidatos podem facilmente desistir de concluir o preenchimento do requerimento ou formulário de emprego.

Se for excessivamente complicado pode confundir ou impedir que os candidatos continuem no processo de contratação.

 

  1. Certifique-se de que as descrições de trabalho sejam precisas

Escreva a descrição do trabalho de forma que os candidatos possam compreender qual o tipo de perfil profissional a empresa precisa.

Não use uma descrição de trabalho pronta, copiada da internet ou muito simples. Os detalhes sobre a vaga devem representar com precisão o que o candidato vai executar, caso seja contratado.

Você também deve garantir que todas as descrições de cargo sejam postadas sem erros, pois elas afetam negativamente sua marca de emprego.

 

  1. Comunicação

A comunicação é fundamental para moldar a experiência do candidato. Se o RH não se comunica em tempo hábil com o candidato, então a probabilidade é muito boa de que ele fique frustrado e possivelmente perca o interesse.

Se você receber um e-mail, confirme que você o recebeu. Forneça atualizações durante os processos de triagem e seleção, para que os candidatos não fiquem se perguntando sobre quais serão as próximas etapas.

E, se caso um determinado candidato não for contratado, informe-o imediatamente. Não espere até que o processo de solicitação de emprego seja fechado para informar aos candidatos que eles não serão contratados.

Dar o feedback mesmo que ele não seja positivo mostra respeito e isso colabora para garantir a satisfação do candidato no processo seletivo.

 

  1. Cumpra com os horários

O processo seletivo deve ser planejado, não se pode deixar para organizar o recrutamento de última hora ou simplesmente não saber como conduzir as entrevistas e dinâmicas.

Por isso, deve-se calcular os imprevistos e atrasos que podem ocorrer, mas nunca ultrapassar em excesso o horário. Estipule um tempo de 10 a 20 minutos para atrasos, mas esteja na hora marcada esperando a chegada dos candidatos. Quando não se respeita o horário estipulado, os candidatos se sentem desrespeitados ou olham o processo de forma de negativa.

Mesmo que os candidatos se atrasem, os responsáveis pela seleção devem ter tudo preparado com antecedência.