A competência de uma empresa em se adaptar às constantes mudanças do mercado depende de sua capacidade de inovar, de fazer diferente e estar à frente de seus concorrentes. Esta capacidade, por sua vez, será gerada a partir de equipes qualificadas e da habilidade da empresa em proporcionar um ambiente de trabalho estimulante. É fundamental, portanto, que a empresa analise de forma regular a percepção dos colaboradores em relação ao seu ambiente.

Esta análise é possibilitada através da aplicação da Pesquisa de Clima Organizacional. Quando a empresa mantém um ambiente agradável, além de dar espaço para a inovação, estimula o engajamento dos colaboradores e atrai novos talentos.

Para que a Pesquisa de Clima Organizacional seja efetiva, é preciso que sua implementação seja bem planejada. O processo pode cair em descrédito pelos colaboradores se os dados levantados pela ferramenta não forem utilizados como uma oportunidade de melhoria para a empresa.

Portanto, alguns cuidados são necessários:

  1. Toda a Alta Liderança deve estar envolvida na definição e acompanhamento dos indicadores da Pesquisa de Clima Organizacional.
  2. Os indicadores que serão avaliados através da pesquisa devem apontar para questões que possam ser efetivamente transformadas, causando impactos positivos no ambiente de trabalho.
  3. Toda a empresa deve ter acesso aos resultados. Isso demonstra respeito aos colaboradores que dedicaram parte de seu tempo ao preenchimento do formulário de pesquisa.
  4. O planejamento da pesquisa deve considerar uma etapa para análise e, principalmente, definição de uma estratégia para melhoria de indicadores que estejam impactando no clima organizacional.
  5. A Pesquisa de Clima Organizacional deve ser utilizada como ferramenta para monitoramento do ambiente. É preciso estabelecer uma frequência para aplicação e análise dos indicadores. A periodicidade adotada pelas empresas normalmente é semestral ou anual.

A Great Place to Work, empesa responsável pelo ranking Melhores Empresas para Trabalhar, indica que a Pesquisa de Clima Organizacional de avaliar o relacionamento dos colaboradores em três esferas: com o ambiente e as pessoas, com seu líder, com seu trabalho.

As três perguntas a serem respondidas são:

Os colaboradores gostam da empresa, do ambiente de trabalho e das pessoas?

Os colaboradores confiam em seus líderes?

Os colaboradores encontram algum sentido no trabalho que realizam?

Veja alguns indicadores que podem ser avaliados na Pesquisa de Clima Organizacional:

  1. Empresa, ambiente de trabalho e pessoas: comunicação interna, transparência nos processos corporativos, imagem institucional, relação com colegas, integração entre as áreas, segurança do ambiente para o trabalho, remuneração e benefícios oferecidos, igualdade de direitos, respeito à diversidade, colaboração, carga horária.
  2. Liderança: relacionamento com a equipe, feedback, abertura para comunicação, desenvolvimento do time, ética e coerência, respeito à vida pessoal.
  3. Trabalho: qualidade de vida, oportunidade de desenvolvimento pessoal e profissional, reconhecimento profissional, valorização de novas ideias, estímulo ao trabalho voluntário, participação em decisões, sentido do trabalho, contribuição à sociedade.

Além das perguntas com múltiplas opções de respostas, uma boa prática é inserir campo para livre comentário. É uma oportunidade de colher informações não abordada no questionário e até mesmo sugestões de melhorias.

Um ponto muito importante para a Pesquisa de Clima Organizacional se refere à confidencialidade das informações. O colaborador se sentirá mais à vontade para contribuir se souber que sua identificação será protegida.

Um bom clima organizacional traz muitos benefícios para a empresa: torna os colaboradores mais motivados e engajados, melhora a qualidade do trabalho em equipe, cria um ambiente favorável à inovação, diminui o turn over, atrai talentos, aumenta a performance das equipes e, consequentemente, proporciona grande vantagem competitiva. A Pesquisa de Clima Organizacional é um investimento que deve ser considerado estratégico por todas as empresas.