Com a ascensão do termo “RH Estratégico”, o conceito também tem atingido cada vez mais empresas e trazendo bons resultados. Isso significa que cada vez mais o departamento de recursos humanos está se voltando para encontrar o sucesso de forma efetiva.

Muito além de gerir pessoas, contratar talentos e resolver questões de ordem burocrática na empresa, fica a cargo do RH se mostrar mais proativo no ramo dos negócios.

A demanda nas empresas por profissionais capazes de fazer seu trabalho com estratégia e foco nos objetivos é cada vez maior: há uma busca por profissionais com habilidades de gestão de negócio e visão de lucro, por exemplo, muito maior do que antigamente.

Essa disciplina de uma empresa em estabelecer de maneira clara os resultados esperados do corpo de colaboradores, e também da equipe de RH, vem se tornando prática comum e sem volta: no presente e cada vez mais num futuro próximo, o bom profissional selecionado para o cargo será aquele que apresentar proatividade, disponibilidade de conhecimentos, até fora de sua área, e competências de planejamento e estratégia.

O que é o RH estratégico?

É importante que o profissional conheça a essência do RH estratégico para colocar tudo em prática. A gestão efetiva, criadora de bons planos, é capaz de levar a grandes resultados nos negócios.

De acordo com Maria Rita Gramigna, os profissionais precisam reconhecer a necessidade de mudanças e buscar caminhos que colaborem cada vez mais a resgatar o espaço de grande destaque que os recursos humanos têm em uma companhia.

Basicamente, o RH Estratégico busca planos e organizações para conseguir alcançar os melhores resultados para a empresa. Márcia Giorgi, do canal “Vamos Interagir”, exemplifica as estratégias comparando-as com um uma situação simples do dia a dia: a gestão de RH deve funcionar como uma roupa feita sob medida ou como um plano de dieta. Ninguém consegue perder peso sem bolar sua estratégia, sem cortar determinados alimentos, eliminar maus hábitos ou consultar um bom nutricionista.

Para alcançar o objetivo, é necessário ter uma boa organização, disciplina, sugerir e aceitar mudanças, fazer planos de verdade para serem aplicados. O mesmo se dá com o RH estratégico.

Como o profissional de RH pode utilizar o RH estratégico

Para Gramigna, a área de Recursos Humanos era antes centralizadora e limitada à burocracia da área pessoal. No entanto, hoje em dia, ela vem ganhando espaço no desenvolvimento direto e nos negócios da empresa e instrumentalizando-se para uma nova ordem, focada no resultado.

O profissional de gestão de pessoas deve ser perguntar se está agindo como quem realmente colabora com os negócios, planejando novas estratégias e assumindo planos e posturas que levem a empresa a seus resultados ou se está apenas “apagando pequenos incêndios diários” em sua agenda.

Quando se está trabalhando apenas no que chega todos os dias (como uma reclamação da equipe de colaboradores ou solucionando uma rusga entre funcionários) e não há uma preparação de agenda e compromissos que conte com um momento de estudo, pesquisa e planejamento estratégico real voltado para os negócios, o profissional não está se organizando de maneira que consiga conciliar técnicas em RH que auxiliem nos lucros.

Entre as principais ações a serem tomadas para uma gestão de um RH estratégico estão:

  • Interação com as outras áreas: Quando o RH se volta apenas para o pessoal, corre o risco de se tornar uma área apenas assistencialista. No entanto, se ele se volta apenas para a empresa, pode esquecer-se de olhar para as pessoas e cuide apenas do negócio. Por isso a boa gestão é tão importante. Ela deve encontrar o equilíbrio ideal entre cuidar do colaborador e planejar estratégias para o bem da empresa.
  • Participação ativa nas políticas da empresa: Atuar nas políticas, táticas e direcionamentos da empresa de forma ativa. Dessa forma, o recrutamento de talentos será de maior aproveitamento.
  • Criação de recompensas e oportunidades de crescimento: Desenvolver novos planos de retenção de talentos oferecendo remuneração diferenciada como benefícios, formação, incentivos, etc., o profissional de RH colabora de forma eficaz para criar um staff mais satisfeito com suas funções e unido para conseguir os resultados que a empresa necessita.

Incluindo de forma eficaz determinados planos e estratégias, o profissional de RH proporcionará resultados muito melhores para todos no ambiente de trabalho e, consequentemente, no resultado final.