Como diferenciar líderes medianos de um líder extraordinário? Entenda a importância de valorizar e desenvolver esses perfis em sua organização.

Esta é uma indagação facilmente respondida se observarmos as pesquisas que mostram o modelo de liderança que se tem nas empresas altamente lucrativas.

Existe nestas empresas um poder na liderança baseada nos pontos fortes. Podemos dizer que todos os líderes têm pontos fracos e fortes para liderar seus subordinados, a diferença sempre está em como estes líderes usam os seus pontos fortes para que estes se sobressaiam e seus pontos fracos sejam minimizados.

Um dos pontos fortes comuns a todos os geradores de lucro é a capacidade de gerar satisfação e comprometimento do colaborador e a consequente satisfação do cliente. A melhoria da satisfação do cliente vem da capacidade dos líderes diretos motivarem e inspirarem seus subordinados para que estes se sintam felizes, engajados e comprometidos com o processo e consigam transmitir isso para os clientes através de suas práticas do dia a dia.

Os clientes também avaliam o nível de satisfação dos colaboradores de uma empresa. Isto é muito importante para que este cliente se envolva no negócio, sentindo-se confiante para fazer negócios com a empresa e sua equipe. No espaço corporativo, a maioria dos colaboradores está disposta a oferecer um empenho razoável no trabalho, mas alguns estão dispostos a muito mais e é neste cenário que é possível visualizar a importância de um líder extraordinário.

Este líder não é perfeito, mas tem comprometimento profundo com a empresa e está disposto a se sacrificar duramente a cada dia em seu serviço em prol dos frutos que virão. Ele consegue instigar em seus colaboradores esta importância de pensamento dentro da empresa, o que faz com que seus subordinados tenham perfil diferenciado numa organização. É um ciclo onde colaboradores satisfeitos conquistam clientes que indicam e atraem mais clientes, pois a marca de uma boa empresa para trabalhar e realizar parcerias vai se propagando.

 

Seus líderes são medianos ou extraordinários?

Existe uma forma simples de identificar, a primeira vista, o potencial de um líder.

Se a principal missão de um líder é extrair o melhor de cada um de seus colaboradores, basta pensarmos que se ele é capaz de usar essa ferramenta a seu favor e promove o desenvolvimento do seu time com resultados cada vez melhores, ele certamente é um líder extraordinário. Mas se você identifica uma equipe desigual, com constantes conflitos e problemas de relacionamento, prazo ou resultado, então talvez seu líder seja apenas mediano. Ou ainda pior, talvez ele seja um chefe e não um líder.

Por isso, desenvolver programas que também auxiliem e incentivem a atuação de líderes focados no futuro, no desenvolvimento dos talentos de sua equipe e em expectativas acima da média é uma excelente maneira de gerar motivação para que os líderes extraordinários cresçam dentro das organizações e criem uma corrente contínua de atuações incríveis.

Com uma equipe que responde a esse perfil de atuação, os resultados serão sempre elevados e, consequentemente, os lucros da organização crescem. Líderes extraordinários geram equipes altamente produtivas, capazes de fazer mais com menos. Eles trabalham com foco na redução e automação de processos sem perder a qualidade, promovendo maiores índices de ganhos com o mesmo time.

 

Competências Comportamentais