O Inbound Recruiting é uma técnica que consiste em estreitar o relacionamento com os candidatos, pode ser uma grande aliada na hora da contratação. Mas afinal, no que se baseia esta nova estratégia utilizada pela área de Recursos Humanos?

Com a necessidade de inovar e atrair novos talentos, é preciso abordar os profissionais de outra forma, assim o Inbound Recruiting nada mais é que a adaptação do Inbound Marketing para o universo de recrutamento e seleção.

No mercado atual, o grande desafio se dá pela busca do perfil ideal e pela retenção destes talentos, no entanto como encontrar este candidato? A resposta está na utilização de ferramentas de marketing de conteúdo para engajamento de novos colaboradores que compartilhem dos mesmos ideais de sua empresa e da expectativa sobre o plano de carreira corporativo.

Descubra como ter um plano de carreira efetivo na sua empresa 

Para isso, estes profissionais precisam ser consumidores e engajados com a sua marca, e isto, primeiramente, acontece através da captura de leads. Semelhante às técnicas de marketing, é preciso de informações que possam ser levantadas a partir das redes sociais, do cadastramento de currículos no site da empresa ou até mesmo, com aqueles candidatos que não foram aprovados em algum programa anterior.

Monte o seu perfil

Definir o perfil é essencial para que você possa atrair o público desejado e saber onde buscar os candidatos para a sua vaga. Vamos supor que seja preciso abrir uma vaga de estágio para o seu departamento de marketing com os seguintes pré-requisitos: cursando ensino superior nas áreas de marketing ou publicidade e propaganda; inglês fluente; e, que seja uma pessoa dinâmica e com habilidade em técnicas de marketing digital.

Portanto, a sua descrição pode ser: uma mulher de 20 anos, estudante de publicidade e que acabou de voltar de um intercâmbio de 6 meses nos EUA e está cheia de novas ideias que podem agregar à empresa. Onde encontrar este profissional? Grupos em redes sociais sobre universitários e intercâmbios ou, quem sabe, em um banco de talentos da universidade podem estar as pessoas que mais se assemelham com as suas preferências.

Ebook grátis: O guia definitivo sobre descrição de cargos

É hora de segmentar

A segunda etapa é construir uma ponte de relacionamento com este público. Através das informações relevantes, como o e-mail, é possível utilizar ferramentas que estabeleçam este vínculo com a empresa, como a distribuição de e-books, artigos e até webinars, por exemplo. Neste passo, o “consumidor” recebe o conteúdo através do seu e-mail e a partir de uma landing page, ou seja, uma página específica para realizar o download do conteúdo, ele é submetido à várias questões, antes de baixar o arquivo. É neste momento que as informações adicionais sobre o futuro candidato são captadas.

Ano de formação, cursos extracurriculares e até mesmo a cidade em que reside podem ser relevantes para o filtro que irá segmentar a distribuição de novos conteúdos, além do nível de carreira ou área de interesse para possíveis contatos no futuro.

Desta forma, são estabelecidos vínculos e relações de confiança com o futuro candidato, além de prepará-lo para os próximos processos seletivos.

O que isto beneficia nas novas contratações?

Com um banco de talentos segmentado e compatível com o perfil da empresa, quando houver o surgimento de uma nova vaga, não será mais necessário ter que abrir um processo para milhares de pessoas, já que você contará com informações de profissionais que se adequem à vaga e que estejam no mesmo momento de carreira da vaga ofertada. Com a aplicação do Inbound Recruiting, o grande diferencial é que na hora da entrevista, estes candidatos já estarão familiarizados com a cultura da empresa, pois se relacionam com a sua marca há um bom tempo. Afinal, a grande maioria dos candidatos que acessam o portal corporativo não estão aptos para se candidatarem às vagas, pois desconhecem informações sobre a empresa.

Redução de Custos com Inbound Recruiting

Recrutar requer tempo e investimento, que muitas vezes, as empresas não dispõem, por isso é preciso considerar formas alternativas para que o processo aconteça o mais breve possível.

A utilização do Inbound Recruiting em seus processos seletivos pode diminuir o tempo de captação de candidatos para a vaga, reduzir custos quanto ao anúncio da oportunidade e também na utilização de ferramentas para a seleção, além de ser benéfica na atualização do seu banco de talentos.

Você pode gostar também de:

Talento a ser lapidado: como descobrir e desenvolver potenciais

CONARH – Gestão de desempenho – O que é necessário para transformar esse processo?

Por que (e como) investir na atração de talentos com mais de 50 anos?

Métodos para elaboração de uma descrição de cargos

Employer branding – por que a empresa precisa olhar para sua marca empregadora?