É verdade que em muitas empresas a área de RH é vista pelos colaboradores como “vilão” e pela diretoria da empresa apenas como mais um gasto por obrigação, não conhecendo a verdadeira natureza dessa área tão discriminada. De acordo com uma pesquisa realizada pela organização Deloitte, 78% dos colaboradores afirmam ser mal informados sobre as ações da empresa e 60% estão insatisfeitos com o salário, sendo assim concluímos que os colaboradores estão mais insatisfeitos com a falta de comunicação do que com o salário.

Para amenizar esse problema o RH deve ter uma estratégia, rotina de comunicação, tanto com os colaboradores, quanto com a diretoria, para que obtenhamos, dentre outros, os benefícios apresentados a seguir.

  1. Alinhamento de objetivos

Uma comunicação aberta e clara possibilita a criação de um elo entre a empresa e o colaborador, onde os objetivos empresariais e do colaborador estarão em sintonia, ou seja, atingindo uma meta profissional, ele estará mais perto de se atingir uma meta empresarial e vice-versa.

  1. Profissionais motivados

A partir do momento que o colaborador tem o conhecimento do por quê e para que ele tem que fazer uma determinada tarefa ou um determinado processo, se dedicará mais sabendo a importância que ele e seu trabalho tem para empresa. O efeito pode ser aumentado quando há a presença do feedback constante, que elevará o sentimento de trabalho conquistado e o orgulho próprio do colaborador, incentivando-o a cada vez fazer melhor.

  1. Rápida resolução de conflitos

Quando se tem os canais de comunicação abertos, onde o colaborador se sinta a vontade para expor seus problemas e dificuldades, é possível resolvê-los antes que se tornem um grande problema.

  1. Bom clima organizacional

Os relacionamentos interpessoais se tornam mais saudáveis proporcionando um ambiente de trabalho agradável, quando o profissional está ciente do que se espera de sua competência, tendo facilidade de se comunicar com os pares e superiores e conseguindo resolver os possíveis conflitos que surgirem.

  1. Maximização de processos

Devido a motivação e engajamento dos colaboradores, os processos são realizados numa velocidade maior e com mais eficiência, evitando o retrabalho e custos desnecessários.

 

Comunicando a diretoria

A diretoria normalmente é muito exigente ao querer enxugar os custos, então o RH tem que mostrar a importância de investir nessa área com números, pesquisas e gráficos, provando assim o ganho através dos colaboradores. Pode fazê-lo em relatórios trimestrais, semestrais ou anuais através de pesquisas internas como, por exemplo, clima organizacional e avaliação de desempenho, indicando o quanto os colaboradores já cresceram e o quanto ainda pode ser melhorado.

 

Comunicando os colaboradores

É importante que logo que a pessoa se torne parte da empresa, seja comunicado a esse colaborador o que a empresa espera dele bem detalhadamente. É necessário explicar como é a cultura e as normas da empresa para que se habitue melhor.

Ao mostrar os canais de comunicação que ele pode, e deve, utilizar caso tenha algum problema, o colaborador ficará mais calmo e confiante para começar os trabalhos. Sempre que possível, convide os colaboradores a conhecer os procedimentos do setor, mantenha-o sempre atualizado sobre as mudanças que podem o afetar, na aplicação de programas como por exemplo avaliação de desempenho, comunique a todos a necessidade e seriedade da avaliação, apontando os benefícios em realizá-lo responsavelmente e, ao final, cumprir o que foi prometido para que conquiste o respeito dos colaboradores.

Por fim, quando o colaborador se desligar da empresa, o RH deve dar todo o apoio ao mesmo, explicando cada procedimento e valor, e orientá-lo aos próximos passos que devem ser realizados (para dar entrada no seguro desemprego, por exemplo), assim além de evitar possíveis processos trabalhistas, valoriza a empresa perante a sociedade.

 

Como comunicar?

Você não fala da mesma forma com sua mãe, com seu chefe ou com o seu cliente, certo? Da mesma forma deve ser a comunicação na empresa, elaborada especialmente para o público que receberá a mensagem, por exemplo, para os cargos de escolaridade mais baixa deve-se evitar usar muitos termos e jargões técnicos, enquanto aos cargos mais altos é recomendável usar uma linguagem mais formal a qual estão mais habituados.

O contato pode ser feito através de documentos oficiais emitidos pela empresa, e-mails, cartilhas informativas, gráficos, o que melhor se adequar a necessidade e ao público. Use a tecnologia ao seu favor, crie posts nas redes sociais, como Facebook e Instagram, informando os procedimentos e mudanças que ocorrem no setor, evitando assim “fofocas” que podem ser prejudiciais a uma boa comunicação.

Enfim a constante comunicação feita pelo RH é uma atividade indispensável para o crescimento da empresa no mercado e diante da comunidade, trazendo assim atitudes desejáveis de reconhecimento aos colaboradores.