Você já ouviu falar em gamification? Os jogos eletrônicos há tempos deixaram de ter um objetivo meramente de entretenimento para ter outras funções, e ganharam destaque no processo de ensino-aprendizagem, inclusive da educação corporativa. Isso vem ocorrendo em todo o mundo com resultados muito positivos devido a uma necessidade muito importante e presente: a urgência na capacitação e desenvolvimento de competências profissionais.

Não é à toa que as empresas investem fortunas em treinamento e programas de aprendizagem contínua, mas nem sempre atingem os resultados esperados. Em muitos casos, o problema está na abordagem dos treinamentos desenvolvidos, que não conseguem prender o interesse dos colaboradores e motiva-los a alcançarem os objetivos individuais ou organizacionais.

Mas as novas tecnologias podem ser a solução para a construção de treinamento eficazes e atraentes. A gamification  é um movimento que vem ocorrendo em todo o mundo com a proposta de ensinar e aprender através do universo dos games, ou seja, dos jogos eletrônicos. A proposta é muito interessante, uma vez que os especialistas garantem que é possível aprender mais e melhor quando o indivíduo está se divertindo com o processo e se sente desafiado a buscar saídas práticas para diferentes situações. A gamificação pode ser aplicada em qualquer demanda de aprendizagem, corporativa ou não, e em qualquer área do conhecimento.

Gamificação e tecnologias educacionais na empresa

Além de ser utilizada em outras ações das empresas para atrair e interagir com o público, a gamificação tem se tornado cada vez mais relevante na hora de desenvolver profissionais. As estratégias, que antes eram utilizadas apenas para divertir, agora contribuem com as novas tendências educacionais, que não focam apenas em transmitir conteúdo, mas em efetivar o aprendizado consistente.

E se antes os jogos eletrônicos eram vistos com maus olhos pelos especialistas, hoje estão capacitando profissionais e tornando-os mais próximos dos objetivos das empresas, sendo ainda um diferencial. O profissional em treinamento com a gamificação é capaz de dialogar com situações práticas e encontrar soluções para problemas simulando a realidade. Isso permite que ele tenha uma experiência de aprendizado muito mais significativa.

As empresas conseguem motivar e capacitar diferentes perfis, fortificar a cultura organizacional e até expandir a presença da marca, principalmente em meios digitais. Esta demanda tem levado milhares de empresas do segmento tecnológico a desenvolver ferramentas e recursos cada vez mais avançados e jogos cada vez mais realistas. E não apenas as necessidades técnicas dos colaboradores podem ser sanadas, mas também transmitir os valores da empresa, motivar o espírito de liderança, a comunicação, a competitividade sadia, a colaboração e o trabalho em equipe e muitas outras habilidades podem ser estimuladas através dos games.

Vantagens da gamificação na educação corporativa

Com a gamificação, muitas vantagens podem ser conquistadas em termos de desenvolvimento humano e organizacional. Pode ser uma grande aliada dos processos da universidade corporativa ou mesmo das ações propostas pelo RH. Além dos objetivos instrucionais específicos que cada treinamento possui, há ganhos em outros sentidos – habilidades e competências que acabam sendo desenvolvidas “por tabela”, como paciência, capacidade de criar estratégias, capacidade de resolver problemas de todos os gêneros, trabalhar com outros colaboradores em prol de um objetivo, ser persistente, ter a capacidade de trabalhar com diferentes mídias e situações de uma só vez, etc.

Além disso, estes são outros benefícios da gamificação:

  • É possível aprender dentro e fora da organização, através de diferentes mídias – seja por plataformas virtuais, aplicativos ou software em desktop.
  • Tudo pode ser customizado: as ferramentas utilizadas, os jogos, os recursos educativos e tecnológicos, os personagens e situações, os objetivos técnicos do treinamento, o direcionamento, o conteúdo educacional, os objetivos e as formas de avaliação da aprendizagem.
  • Estes recursos são muito variados e com diferentes valores de investimento – a empresa pode otimizar o seu orçamento conforme as suas necessidades.
  • Melhora a capacidade de concentração.
  • Capacita o funcionário a resolver problemas de várias maneiras, encontrando soluções distintas para todos os tipos de situações.
  • Estimula a criatividade.
  • Estimula a capacidade de comunicação.
  • Permite melhorar os meios de trabalho colaborativo.
  • Reforça normas, práticas e limites da organização.
  • Estimula a competição saudável.
  • O profissional passa a lidar melhor com diferentes tarefas ao mesmo tempo.
  • Estimula o feedback.
  • O profissional pode aprender inclusive a ensinar assuntos e temáticas a outros colaboradores, já que o objetivo é o ensino-aprendizagem como uma via de mão dupla.
  • É ideal para trabalhar treinamento com as novas gerações, que é caracterizada pelo uso frequente de dispositivos tecnológicos.
  • Ajuda a combater a desmotivação e a expandir o processo de ensino-aprendizagem.

Gostou da matéria? Já tinha ouvido falar sobre os benefícios da Gamification na educação corporativa?