A avaliação de desempenho serve para verificar a performance dos colaboradores nos cargos que ocupam na empresa. Avaliar é uma maneira de rever os processos realizados anteriormente e mensurar a contribuição dos colaboradores no alcance das metas e objetivos da organização.

Este tipo de avaliação deve ser um processo dinâmico envolvendo o avaliado e o gestor, por isso não pode ser mera atividade burocrática de preenchimento de papéis e planilhas que nada tem a ver com a realidade. Uma avaliação eficiente precisa de participação consciente!

Como ferramenta de gestão de pessoas, a avaliação de desempenho é um meio de identificar gaps, analisar mudanças de cargos e levantar as necessidades de treinamento.

Veja como implementar uma avaliação de desempenho na sua empresa:

  1. Planeje a avaliação

Reúna o que for necessário para realizar a avaliação de desempenho, começando pela relação de descrições de cargos. Elas indicam a hierarquia, atribuições e responsabilidade dos cargos na empresa e servem para especificar o que a organização pode esperar de cada colaborador no desempenho de suas funções.

Em seguida, planeje o tipo de avaliação que será utilizada, qual deverá ser a ordem de sua aplicação, como ela será realizada e, por fim, elabore o cronograma de cada etapa. Verifique os tipos de avaliações disponíveis e considere a utilização de um sistema de avaliação de desempenho como aliado para realizar a avaliação. Um software pode auxiliar no momento da avaliação, poupando tempo e trazendo resultados mais rápidos e eficientes.

  1. Determine quem irá avaliar

Em um processo de avaliação de desempenho é prioridade estabelecer se uma ou mais pessoas irão avaliar, nos casos das avaliações 180º e 360º, por exemplo, mais pessoas avaliam.

  • Superior hierárquico imediato — avaliação realizada por um gerente de nível hierárquico superior responsável por avaliar diretamente o seu pessoal.
  • Autoavaliação — os profissionais avaliam o próprio desempenho.
  • Avaliação de pares e equipes — os profissionais que ocupam posições equivalentes avaliam uns aos outros.
  • Comissão e comitês — eleição de uma comissão ou comitê responsável por dar notas ao trabalho do grupo e fazer avaliações individuais dos colaboradores.
  1. Estabeleça indicadores e metas

Para melhor aproveitamento da avaliação de desempenho é preciso escolher indicadores e estabelecer metas. Para isso, escolha indicadores fáceis de verificar que possam demonstrar evolução ao longo do tempo, tais como: produtividade; qualidade; e, capacidade. A partir desses indicadores é possível estabelecer metas reais e alcançáveis para a equipe.

Lembre-se de que os indicadores e a avaliação utilizada para o nível operacional não devem ser os mesmos para os demais níveis da empresa, tendo em vista a natureza do trabalho desempenhado por cada um deles.

  1. Divida a avaliação em fases

A avaliação de desempenho é mais eficiente quando aplicada em fases — um conjunto de cargos por vez. O modo de realizar essa divisão pode ser variado, primeiro os gerentes, depois equipe operacional e vice-versa, o mais importante é planejar a implantação para não sobrecarregar a equipe de avaliação de desempenho.

Uma avaliação feita às pressas traz resultados incompatíveis com a realidade. Por esse motivo deve ser bem-feita, baseando-se em fatos para que a empresa possa trabalhar da melhor maneira com os resultados obtidos.

  1. Apure e interprete os resultados

Após a realização da avaliação com os colaboradores é o momento de tabular os dados e interpretar as informações obtidas. Fala-se aqui de um levantamento estatístico de dados que pode ser mais facilmente realizado quando a empresa opta por uma avaliação de desempenho utilizando um software de avaliação, este traz resultados mais assertivos e precisos.

É importante coletar, fazer relatórios e analisar as informações guardando-as para serem consultadas posteriormente. Estas avaliações constituem o histórico dos indivíduos e da empresa servindo como instrumento de tomada de decisões para antecipar tendências e até justificar promoções e capacitações.

  1. Forneça Feedback

Não existe uma avaliação de desempenho sem feedback para aqueles que participam dela. O feedback é o resultado da avaliação de desempenho do profissional e pode ser tanto positivo como negativo, isso depende do alinhamento da conduta do colaborador com o que a empresa espera dele.

O feedback deve ser transparente e dialogado para que o avaliado possa se reorientar em seu trabalho ou obter estímulo para continuar desempenhando suas tarefas. Dar feedback é importante para concluir o ciclo de avaliação, portanto ele não pode ser demorado em relação à data da aplicação da avaliação.

Implementar uma avaliação de desempenho significa preocupar-se com a organização e com colaboradores, o processo compreende planejamento, métodos, indicadores entre outros. Quando uma empresa implementa a avaliação de desempenho, ela se compromete em melhorar a sua capacidade de atuação e qualidade de seus produtos, serviços e atendimento, trazendo benefícios e mudanças positivas para a organização.