Em qualquer processo de avaliação de desempenho, um pequeno grupo de colaboradores supera as expectativas, uma parte é avaliada dentro do esperado e outro grupo apresenta oportunidades de melhoria em seus resultados. Independente de qual grupo pertença, todo colaborador precisa se desenvolver continuamente.

Um dos erros cometidos pelas empresas em relação ao processo de desenvolvimento de colaboradores é focar exclusivamente nos profissionais que apresentam baixo desempenho ou maiores gaps de competências. É importante que estes colaboradores recebam uma atenção especial, porém, para que a empresa seja competitiva e se destaque no mercado, é preciso que todos os profissionais e gestores vivenciem diariamente experiências de aprendizagem.

Vivemos em um ambiente onde as mudanças são constantes e a tecnologia evolui em alta velocidade. As empresas precisam se reinventar a cada dia, desenvolver novas competências, como criatividade, autonomia e comunicação, e inovar. O processo de aprendizagem e desenvolvimento de colaboradores precisa ser contínuo.

Criar um ambiente de aprendizagem contínua é atualmente o grande desafio das empresas. Principalmente quando estamos em um cenário que demanda investimentos cada vez menores. No entanto, o alto custo para incentivar a aprendizagem corporativa é, na verdade, um grande paradigma. É possível promover ações diversificadas para desenvolvimento dos colaboradores com baixo custo de investimento.

A seguir, apresentamos algumas possibilidades. Vale lembrar que a avaliação de desempenho deve ser utilizada como ferramenta para acompanhamento dos patamares de desenvolvimento do time, mas não para restringir o público elegível às ações.

  1. Atuação em projetos multidisciplinares

Incentivar a atuação em projetos que envolvem diferentes áreas da empresa é uma ação muito eficiente para o desenvolvimento dos colaboradores. Eles vivenciam, tem contato com diferentes realidades dentro da empresa e tem a possibilidade de desenvolver competências como colaboração, parceria e comunicação.

  1. Promoção de workshops ou palestras conduzidos pelos próprios colaboradores ou gestores

Escolha temas que agreguem ao dia a dia do trabalho ou estimulem o desenvolvimento de competências como criatividade e inovação. Convide gestores ou colaboradores que sejam especialistas no tema para compartilharem seus conhecimentos com os demais. Esse tipo de ação, além de promover aprendizagem dos envolvidos (participantes e palestrantes) é também uma ferramenta para reconhecimento dos talentos da empresa.

  1. Criação de biblioteca virtual

Dentro da própria intranet corporativa, é possível disponibilizar links de acesso a e-books e revistas digitais, artigos, trabalhos acadêmicos e até mesmo materiais produzidos internamente. A biblioteca deve seguir um ordenamento e possuir mecanismos de busca para facilitar a localização dos conteúdos.

  1. Incentivo à autonomia, com acompanhamento e feedback

Incentivar a autonomia é desafiar o colaborador e estimular que ele corra riscos. Correr riscos é mais um fator com alto impacto no desenvolvimento dos colaboradores. Ao tomarem decisões dentro do escopo de suas funções, os colaboradores desenvolvem a capacidade de análise, identificação de prioridades, avaliação de riscos, entre outras competências.

A autonomia, no entanto, não deve ser sinônimo de falta de orientação. Para que o desenvolvimento do colaborador seja efetivo, é preciso acompanhar, intervindo apenas quando necessário, e dar feedbacks, para que ele saiba se está ou não seguindo pelo caminho correto.

  1. Criação de programa de mentoria

A mentoria consiste no acompanhamento de um colaborador menos experiente por um que seja mais experiente em determinado tema, área ou processo. Muitas empresas utilizam a mentoria como forma de integrar melhor e reduzir a curva de aprendizagem de novos colaboradores.

O processo também é muito útil quando há movimentações internas (para uma nova área) ou promoções. Essa ação promove o desenvolvimento do colaborador e também do profissional que realiza a mentoria.

  1. Criação de comunidades de prática online ou presenciais

Nessas comunidades, um colaborador pode relatar uma situação-problema e os colegas contribuem com sugestões de melhores práticas para a resolução.

Diversas são as formas de incentivar o desenvolvimento dos colaboradores sem que se precise de um alto investimento para isso. E sua empresa? Que tipos de ações de desenvolvimento com baixo custo ela promove? Compartilhe conosco!