Embora muito conhecido e difundido no meio acadêmico e empresarial, o conceito do CHA tem evoluído e sofrido pequenas modificações. Saiba mais sobre o tema!

 

O que é uma competência?

A mais conhecida definição para competência foi escrita por Scott B. Parry em sua obra “The quest for competencies”, em 1996, na qual ele diz: “Competências é um agrupamento de conhecimentos, habilidades e atitudes correlacionados, que afeta parte considerável da atividade de alguém, que se relaciona com o desempenho, que pode ser medido segundo padrões pré-estabelecidos e que pode ser melhorado por meio de treinamento e desenvolvimento”.

competencias

Para o mundo corporativo, competência é o conjunto de competências técnicas e comportamentais que empregados adequadamente permite atingir com sucesso os resultados para o ambiente organizacional.

Isto significa que não adianta ter um bom conhecimento técnico e não ter um perfil comportamental compatível com o bom desenvolvimento das atividades, bem como orientado para os resultados estratégicos da organização.

Lembre-se que para merecer o nome de competência o conjunto de atributos pessoais deve ser mensurável. É por isso que não se pode introduzir no grupo de atributos das competências definições subjetivas como garra, dedicação, positividade.

 

O conceito do C.H.A.

Os pilares mais conhecidos da competência são:

  • Conhecimento: é o saber adquirido, ou seja, para o indivíduo é a compreensão de conceitos e técnicas que são necessários para atingir seus objetivos e que são adquiridos através de diferentes recursos, desde a simples observação, leituras, um treinamento realizado e sua própria formação acadêmica.
  • Habilidade: é o saber fazer ou poder fazer, ou seja, para o indivíduo representa a sua aptidão em atividade prática para o desempenho de sua missão e está associada à capacidade de produzir a partir do conhecimento adquirido, a experiência prática e o aprimoramento progressivo das aptidões desenvolvidas com o tempo e a experiência.
  • Atitude: é o ser ou querer fazer, ou seja, para o indivíduo é a decisão consciente e emocional de seu modo de agir e reagir no dia-a-dia em relação a fatos e outras pessoas de seu ambiente.

 

Modificando o conceito do C.H.A.

Uma enorme variedade de modelos de competências vem sendo utilizado pelas empresas. É comum encontrarmos conjuntos de competência, tais como: essenciais, estratégicas, gerenciais, funcionais, de liderança, de auto-gestão, pessoais, core competencies, e assim vai. Um verdadeiro emaranhado.

Uma das demandas no mundo corporativo para buscar uma melhor compreensão, pelos colaboradores, sobre o processo de avaliação de competências levou a uma simplificação desta divisão das competências (conhecimento, habilidade e atitude) em apenas competências técnicas e comportamentais, pois há grande dificuldade, mesmo dentro do RH, em classificar as competências no CHA.

competencias

  • Competências Técnicas: são competências para o exercício de determinado cargo na empresa, as quais às vezes são segmentadas em grupos (gerenciais, operacionais, etc.) para designar competências de determinados grupos de pessoas ou áreas.
  • Competências Comportamentais: são comportamentos observáveis sem distinção se são aptidões ou traços de personalidade.
  • Competências Essenciais: pequeno grupo de valores ou princípios considerados vitais para a empresa e aplicado a todos.
  • Resultados: resultado de uma execução ou desempenho efetivo no trabalho.

 

Conclusão

O melhor dicionário de competências será aquele com que você consiga mapear as exigências dos cargos voltadas a atender os seus objetivos com a gestão de competências para sua empresa e que consiga de ser clara para todos os seus colaboradores.

Blog-Banners-Competencias

 

CONTINUAÇÃO…

Este é o primeiro artigo da série Dicionário de Competências, no próximo artigo que será lançado em 01/08/2016 você aprenderá a como elaborar um dicionário de competências. Fique de olho, assine o blog e acompanhe nossa newsletter!

Acesse aqui o link para o artigo “Por trás de uma boa avaliação sempre há um ótimo dicionário de competências”.

 

Como um sistema de RH pode ajuda-lo com este processo?

Um sistema de RH especializado em gestão de competências ajudará você na criação do dicionário de competências e o ajudará a facilmente mapear as competências dos cargos e preparar seu processo de avaliação de competências.

Um software especializado trabalha com várias formatações das competências, níveis e comportamentos observáveis, e permite você criar seus conjuntos de competências da forma que melhor se adequar a sua empresa, além de te dar muitas análises do processo de avaliação, desde relatórios consolidados de gaps de competências a análises gráficas de dispersão dos funcionários cruzando desempenho e potencial, ou mesmo diagnósticos de evolução do desempenho dos colaboradores e/ou áreas ou unidades da empresa. Enfim, são muitas análises para ajudá-lo na melhor decisão para preparar seu plano para gestão das competências.

 

E-book sobre dicionário de competências

Este artigo tem apenas o objetivo de introduzir este assunto, pois já há um e-book gratuito, do mesmo autor, com mais definições e exemplos. Digite exatamente o termo “ebook dicionário competências” que você encontrará o link para fazer o download deste e-book ou procure na página do Linkedin e Facebook do autor Ricardo Vignotto.

Este e-book tem a finalidade de ajuda-lo a construir um ótimo dicionário de competências para seu processo de avaliação. Serão apresentados conceitos de uma maneira prática e direta, além de fornecer um completo dicionário de competências técnicas e comportamentais.