Começo de ano é a temporada mundial de planejamento: listas de resoluções, sonhos para tirar do papel, pendências para resolver e, claro, seu plano de carreira não poderia ficar fora disso.

O seu plano de carreira não é uma atividade que deve ser feita uma vez na vida, apenas durante o ensino médio ou a faculdade, e depois deixado para trás quando se conquista um cargo ou um salário melhor. Muito pelo contrário, o plano de carreira é uma atividade que dá mais resultado quando feita regularmente, lembrado que nunca é muito cedo ou tarde demais para iniciar seu plano de carreira.

Montar seu plano de carreira não é uma atividade difícil, nem algo a ser temido, e por isso, não tem porque ser adiado, mas sim uma atividade que deve ser libertadora, fornecendo objetivos para alcançar sua carreira atual ou planos para começar uma transição para uma nova carreira. O plano de carreira deve ser uma experiência gratificante e positiva.

Aqui estão 8 dicas que podem ajudá-lo a realizar um plano de carreira bem-sucedido.

 

  1. Torne seu plano de carreira um evento anual

Muitos criamos mentalmente “agendas anuais” para ir a um médico, visitar uma tia distante, mudar o visual, enfim, fazemos uma miríade de outras coisas uma vez por ano, então por que não planejar a carreira? Encontre um dia ou fim de semana uma vez por ano (mais frequentemente se sentir a necessidade ou se está planejando uma mudança mais brusca de carreira) e se programe. Tente bloquear todas as distrações para que você tenha tempo para realmente se concentrar em sua carreira – o que você realmente quer de sua carreira, fora de sua vida pessoal.

Ao fazer do seu plano de carreira um evento anual, você se sentirá mais seguro em sua escolha e direção na carreira, além disso, você estará melhor preparado caso seja impactado por alguma incerteza ou dificuldade no meio do caminho.

 

  1. Reflita sobre seus gostos e desgostos, necessidades e desejos

A mudança é um fator de vida. Todo mundo muda, assim como nossos gostos e desgostos.  Algo que adoramos fazer há dois anos agora pode não nos dar tanto prazer. Então, sempre dedique um tempo para refletir sobre as coisas em sua vida – não apenas no seu trabalho – sobre as quais você se sente mais forte.

Faça uma lista de duas colunas dos seus principais gostos e desgostos. Em seguida, use esta lista para examinar seu trabalho atual e carreira. Se o seu trabalho e carreira ainda caem principalmente na mesma coluna, então você sabe que você ainda está no caminho certo, no entanto, se suas atividades de trabalho caíram principalmente na coluna do que você não gosta de fazer mais, então é a hora de começar a examinar novos empregos e novas carreiras.

Finalmente, aproveite o tempo para realmente pensar sobre o que você quer ou precisa do seu trabalho e de sua carreira. Você está procurando fazer a diferença no mundo? Ser famoso? Se tornar financeiramente independente? Efetuar mudanças? Aproveite o tempo para entender os motivos que impulsionam o seu senso de sucesso e felicidade.

 

  1. Quais são seus hobbies? Sim, eles também devem ser avaliados!

O seu plano de carreira oferece um excelente momento para analisar as atividades que você gosta de fazer quando você não está trabalhando. Pode até parecer um pouco estranho, examinar atividades não relacionadas ao trabalho ao fazer o plano de carreira, mas não é. Muitas vezes, seus hobbies e atividades de lazer podem dar uma ótima visão sobre os futuros caminhos de carreira.

 

  1. Anote suas realizações

A maioria das pessoas não mantêm um registro muito bom das realizações do trabalho e, em seguida, luta com a criação de um currículo poderoso quando é hora de procurar um novo emprego. Anotar e registrar suas realizações (seja num caderno, num aplicativo, no Word, não importa onde, mas sim que o faça) não é apenas útil para construir seu currículo, também é útil para o seu plano de carreira.

Às vezes, revisar suas realizações passadas revelará sucessos esquecidos, um ou mais que podem desencadear a pesquisa e o planejamento de uma mudança de carreira para que você possa estar em um trabalho que permita que você realize os tipos de coisas que o deixam mais feliz e orgulhoso.

 

  1. Olhe além do nome do seu cargo atual

Algumas pessoas ficam tão focadas nos títulos que seus cargos possuem que se esquecem de enxergar outras possibilidades de carreiras para si. É consenso que todo trabalho requer um conjunto de habilidades e é muito melhor classificar-se sobre esses conjuntos de habilidades do que focar apenas nos nomes do cargo que você ocupa.

Por exemplo, um candidato a uma vaga numa editora que estava tentando realizar um plano de carreira encontrou-se “sem saída” porque se identificou como repórter. Ela se prendeu ao último cargo que estava escrito em sua carteira de trabalho. No entanto, quando ela olhou para além do cargo de trabalho, ela pôde ver que ela tinha outras habilidades transferíveis, como escrever, editar, pesquisar, investigar, entrevistar, ser multitarefa, cumprir objetivos e prazos e gerenciar o tempo e as informações Habilidades que poderiam ser facilmente aplicadas a uma grande variedade de empregos em uma infinidade de carreiras diferentes.

 

  1. Revise tendências de carreira e emprego

Não é novidade nenhuma que cada um aqui é responsável pela própria carreira, de modo que, mesmo que sua carreira se encolha, que o cenário econômico se transforme, se você tiver habilidades transferíveis e souber como se posicionar, você encontrará um novo emprego.

No entanto, ter informações sobre tendências de carreira é essencial para o sucesso do seu plano de carreira a longo prazo. Uma carreira que está se expandindo hoje pode encolher facilmente amanhã ou nos próximos anos. É importante ver onde o crescimento do emprego é esperado, especialmente nos campos de carreira que mais lhe interessam. Além do conhecimento dessas tendências, a outra vantagem de realizar esta pesquisa é o poder que lhe dá para ajustar e fortalecer sua posição.

 

  1. Defina objetivos de carreira e trabalho

Desenvolva um roteiro para seu trabalho e sucesso profissional. Você pode ser bem-sucedido em sua carreira sem estabelecer metas? Talvez. Você pode ser ainda mais bem-sucedido através da definição de metas? Com certeza.

Um dos principais componentes do seu plano de carreira está em estabelecer metas de carreira e trabalho a curto prazo (no ano que vem) e a longo prazo (além de um ano). Uma vez que você inicia esse processo, outro componente do plano de carreira torna-se revisando e ajustando esses objetivos conforme seus planos de carreira progridem ou mudam e desenvolvendo novos objetivos, uma vez que você cumpre seus objetivos anteriores.

 

  1. Explore novas oportunidades de educação / treinamento

Pode até parecer um pouco clichê, mas a informação realmente leva ao poder e ao sucesso. Nunca deixe passar as chances de aprender e crescer mais como pessoa e como profissional.

Aproveite o tempo para contemplar quais tipos de experiências educacionais o ajudarão a atingir seus objetivos de carreira. Procure dentro de sua empresa, sua associação profissional, a universidade onde estudou, uma faculdade que é conveniada com a empresa em que trabalha, bem como programas de ensino a distância online, para encontrar potenciais oportunidades para melhorar a carreira e, em seguida, encontrar uma maneira de alcançá-las.