O conceito de Recursos Humanos envolve duas versões: uma mais restrita e outra mais leve e humana, no melhor sentido da palavra. A primeira engloba o fato de que o departamento de recursos humanos é necessário para administrar pessoas, a fim de obter valor e tirar vantagem do trabalho que elas oferecem.

Em contrapartida, também é o profissional de RH que se preocupa em tratar os funcionários e seus valores da melhor maneira possível, extraindo deles comprometimento e qualidade, visando também sua adaptação e realização própria.

O bom profissional de RH sabe que é necessário mesclar essas duas versões no dia a dia, em seu trabalho, e com isso, alcançar melhores resultados.

Além disso, vale lembrar que há características pessoais e profissionais importantes que o interessado na área de RH precisa ter. São elas:

1) Ser comunicativo
O bom profissional de RH sabe que a comunicação é a chave para fazer os resultados acontecerem. Qualquer ruído entre as partes pode levar a mal entendidos e situações que não colaboram para a vida profissional do colaborador nem para a empresa.

Vale lembrar que há várias formas de comunicação e essas habilidades não se resumem ao “falar bem”. Ouvir, entender, procurar formas de alcançar o colaborador e entrar em sintonia com ele são ações essenciais para o bom desenvolvimento do trabalho.

2) Saber lidar com desafios
Um requisito contínuo é que o profissional deve ser capaz de lidar com os desafios diários que surgem. Ele tem de saber resolver coisas simples,  como um erro no salário de determinado funcionário ou algo mais complexo, como, por exemplo, uma denúncia de assédio moral  por parte de um colaborador.

Independente do grau de complexidade, o bom profissional de Recursos Humanos deve estar pronto para resolver tudo com calma e justiça.

3) Saber administrar o tempo
Como em qualquer outra função, há tarefas diárias a serem completadas e todas elas possuem seu próprio deadline. No entanto, é normal que a programação do dia seja interrompida por incidentes e situações não previstas.

Novamente, podem ser coisas simples de fácil resolução, mas também podem ser tarefas que lhe tomem o resto do dia e das horas úteis de trabalho. Saber administrar a própria agenda para dar conta de tudo, separando faixas de horários para trabalhos essenciais é uma característica muito importante para o profissional, que precisa ser disciplinado quanto a isso.

4) Ser confiável
Uma das principais qualidades para quem trabalha em Recursos Humanos é ser confiável. Os colaboradores só se sentirão a vontade para conversar e se abrir para alguém em que sintam que podem confiar.

Junto com a confiança, vem o poder de manter a confidencialidade. O colaborador precisa ter certeza de que o que está comentando e pedindo direções não será repassado para outras pessoas. É assim que se ganha credibilidade.

5) Ser imparcial e objetivo
Como profissional de RH, é necessário saber ser imparcial, manter a neutralidade (sem nunca se envolver pessoalmente) e com isso, ser objetivo. Não deve haver “rodeios” na comunicação entre o profissional e o colaborador.

6) Gostar de aprender
Estar em dia com as notícias e novidades de sua área são essenciais para um bom desenvolvimento na carreira. Gostar de aprender, participar de treinamentos e processos de mentoring, realizar cursos e ler muito são alguns requisitos.

7) Ter uma base forte de conhecimentos
Essa característica é essencial e parte da anterior. Quem deseja trabalhar nessa área deverá ter ciência que precisa ter total controle e conhecimento de todas as áreas que ela abrange, e exercer sua função da melhor forma possível. De preferência de forma rápida e eficaz.

8) Ser irrepreensível
Como Profissional de Recursos Humanos, é necessário ser simplesmente irrepreensível quando se trata de ética. Além disso, o profissional deve ajudar a promovê-la em seu ambiente de trabalho, direcionando a todos sempre que preciso.

9) Ser um bom mediador
Muitas vezes é o profissional de RH que se vê diante de situações entre colaboradores e que precisa ser mediada. Saber administrar o tempo que cada um expõe suas dúvidas ou reclamações, ouvir ambas as partes e não permitir desrespeito entre elas é primordial nesses momentos.
Em suma, ter muito jogo de cintura, mas de um jeito super profissional.

10) Ser organizado
Para manter tudo no lugar é necessário que o profissional de recursos humanos tenha ótimas noções de organização. Embora quase sempre lidar com pessoas seja algo abstrato, o trabalho na “vida real” é, muitas vezes, burocrático. Saber lidar com planilhas, e-mails, documentos, contratos e outros sistemas é imprescindível para desenvolver seu trabalho da melhor forma possível.

  • Priscila da Silva

    Artigo bem estruturado, boas considerações, parabéns!

    O profissional de RH realmente precisa estar atento a diversas questões, pois ele é o intermediário entre empregado e empregador, principalmente quando se trata de Gestão de Pessoas.
    Possuo um blog onde também divulgo informações sobre a área.

    Convido à todos para seguir-me:
    http://www.colaborarh.com
    http://www.facebook.com/colaborarh
    Abraço!